Vitamina C - Ácido ascórbico

A vitamina C, ou ácido ascórbico, é provavalmente a mais famosa de todas as vitaminas. É um ácido orgânico relativamente simples, encontrado nos citrinos e nos vegetais. 

Mesmo antes da sua descoberta em 1932, era reconhecido que devia haver um composto nos citrinos que impediam o aparecimento de escorbuto, uma doença que matou cerca de 2 milhões de marinheiros entre os anos 1500 e 1800.

A vitamina C participa em múltiplas funções biológicas, e está envolvida em pelo menos 300 processos bioquímicos do organismo. Esta vitamina é solúvel em água e como o ser humano não é capaz de produzi-la, é necessário ingeri-la diariamente.

É hidrossolúvel e destruída pela fervura prolongada, de forma que a cozedura excessiva  dos vegetais reduz o seu conteúdo de vitamina C.

No corpo humano, o ácido ascórbico é necessário para a síntese correcta do colagénio. A carência de vitamina C provoca úlceras cutâneas, problemas dos dentes e das gengivas e ruptura dos capilares (características do escorbuto) devido a um tipo anómalo de colagénio que substitui o colagénio normal
nestes tecidos.

Devido à crença de que a ingestão de vitamina C pode melhorar os sintomas da constipação, começaram a surgir hipervitaminoses C. Esta doença resulta do excesso de vitamina C e conduz à formação de cálculos renais.  A carência de ácido ascórbico origina o escorbuto.

A vitamina C está envolvida :

  • na reparação de células e tecidos,
  • na conversão de prolina na hidroxiprolina e, portanto, essencial para manter o
    colágeno da pele, ossos e dentes
  • É essencial para a atividade de leucócitos, imunoglobulinas e anticorpos naturais
  • Protege as vitaminas A e E contra oxidação
  • Colabora na manutenção de colesterol no sangue
  • Tem propriedades antioxidantes.
  • Participa na formação de hormonas corticosteróides nas glândulas supra-renais.

Formas de vitamina C autorizadas no fabrico de suplementos alimentares:

a) ácido L-ascórbico

b) L-ascorbato de sódio

c) L-ascorbato de cálcio

d) L-ascorbato de potássio

e) 6-palmitato de L-ascorbilo

f) L-ascorbato de magnésio

g) L-ascorbato de zinco

Alegações de saúde autorizadas pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA) relativamente à vitamina C:

  • A vitamina C contribui para manter o normal funcionamento do sistema imunitário durante e após exercício físico intenso
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal dos vasos sanguíneos
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal dos ossos
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal das cartilagens
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal das gengivas
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal da pele
  • A vitamina C contribui para a normal formação de colagénio para funcionamento normal dos dentes
  • A vitamina C contribui para o normal metabolismo produtor de energia
  • A vitamina C contribui para o normal funcionamento do sistema nervoso
  • A vitamina C contribui para uma normal função psicológica
  • A vitamina C contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário
  • A vitamina C contribui para a proteção das células contra as oxidações indesejáveis
  • A vitamina C contribui para a redução do cansaço e da fadiga
  • A vitamina C contribui para a regeneração da forma reduzida da vitamina E
  • A vitamina C aumenta a absorção de ferro